Os cinco dias dedicados ao Carnaval faz com que fevereiro – que só tem 28 dias de duração neste ano –, seja um mês reduzido e atípico. Apesar disso, a Prefeitura de Pinheiros não deixa usuários da saúde pública desassistidos.

Pelo contrário: a frequência de viagens de pacientes de Pinheiros, por meio de veículos da frota municipal, para unidades de referência em saúde do Estado continua intensa.

De acordo com a Central Municipal de Regulação, a AMA, mesmo com sete dias a menos no calendário (em razão do Carnaval e do mês curto), aproximadamente 1227 pessoas devem ser transportadas à Rede Cuidar, localizada em Nova Venécia, e ao Núcleo Regional de Especialidades (CRE), em São Mateus, para realização de exames e consultas, que são de responsabilidade do governo estadual.

Em média, 55 pessoas embarcaram e irão embarcar com destino a essas localidades, contando os dias úteis. Ainda, com recursos próprios, a Prefeitura de Pinheiros custeia endoscopias e exames laboratoriais para cerca de 600 pessoas todos os meses.