“Na sexta feira, 21, a grande abertura ficará por conta do Trio Forrozão”.

Uma noite para dançar e se divertir. Assim será a Festa de Arromba, em comemoração ao 53º aniversário de emancipação politico administrativo de Pinheiros, que acontecerá nos dias 21,22 e 23 de abril, no Parque de Festa Augusto Ruschi, no Bairro Santo Antônio.

Na sexta feira, 21, a grande abertura ficará por conta do Trio Forrozão.

Nascidos no alto sertão pernambucano, Xupa Cabra, Xiquinho Corrêa e Nicodemos tiveram Caetano Veloso como padrinho musical e responsável pela chegada do Trio Forrozão ao cenário nacional. O grupo já passou por lugares como Paris, Nova Iorque, Boston e Londres, além de ter recebido o disco de ouro pelo álbum em que está contida a faixa “Lisbela”, trilha sonora do filme “Lisbela e o Prisioneiro”.

Já Mestrinho passou a tocar sanfona aos 6 anos de idade. Em setembro de 2014, o músico lançou o primeiro disco solo, intitulado “Opinião”, que conta com a participação do Gilberto Gil na faixa “Superar” – de autoria do próprio Mestrinho-, além da participação de sua irmã Thais Nogueira na faixa “Arte de quem se ama”, do compositor Elton Moraes.

Severo Gomes, por sua vez, deu início à carreira de instrumentista aos 17 anos, tocando zabumba e triângulo no Rio de Janeiro. Entre solos e participações, o artista possui 9 discos gravados. Por 2 anos, Severo fez parte do grupo Nordestino do Ritmo, e logo após participou da fundação do Grupo Jabaculê, no qual ficou por um ano e meio. Atualmente é vocalista e trianguleiro no Trio Potiguá.

“No sábado, a noite fica por conta da banda musical The Fevers”.

O “Forró da Ilha” ainda terá Alex Corrente. Natural de Linhares, o artist já passou por vários grupos do segmento. Alex é um dos melhores instrumentistas na arte de ritmar o triângulo, com batidas precisas e cheias de energia, o que lhe rendeu o titulo de “Melhor Trianguleiro” dos festivais de Ilha Grande (2008) e Itaúnas (2008).

No sábado, a noite fica por conta da banda musical The Fevers.

Formado no subúrbio do Rio de Janeiro em 1964, os Fevers ajudaram a consolidar a sonoridade da Jovem Guarda. Influenciado por Elvis, Beatles e Rolling Stones – além do cancioneiro romântico italiano –, o grupo virou sucesso no rádio e na TV, acompanhando ainda alguns dos grandes nomes da época, como Roberto e Erasmo Carlos, Eduardo Araújo e os Golden Boys.

 

Além do Trio Forrozão e o The Fevers, a comissão organizadora informou que a festa contará com uma vasta programação, com apresentações de grupos locais e regionais. Na parte esportiva haverá mais uma edição da Corrida Rustica volta do contorno.