Pinheiros vai eleger, no próximo dia 6 de outubro, os novos conselheiros tutelares do município para a gestão 2020/2023. Dez candidatos disputam cinco vagas de titulares do cargo.

Os concorrentes já passaram por prova de conhecimento específico, análise de documentação e registro de candidatura. Os eleitos serão empossados em 10 de janeiro de 2020, na cerimônia de nomeação e posse.

De acordo com o edital do processo seletivo deste ano, dentre outras atribuições, cabe ao conselheiro tutelar requisitar serviços públicos nas áreas de saúde, educação, serviço social, previdência, trabalho e segurança.

O conselheiro também deve representar junto à autoridade judiciária nos casos de descumprimento injustificado de suas deliberações; encaminhar ao Ministério Público notícia de fato que constitua infração administrativa ou penal contra os direitos da criança ou adolescente.

Eleição

Na sede do município, a votação irá acontecerna Escola Emir de Macedo Gomes. No Sobrado, será na Escola Doce Lar. Também haverá urna na Escola da Lagoa Seca. O horário de votação é de 8 às 17horas. Cada eleitor poderá votar em um candidato.

Para votar, é necessário apresentar título de eleitor e documento de identidade original com foto. Se o votante não possuir o título, basta apresentar um documento com foto. Estão aptos ao exercício do voto direto, que deve ser secreto e facultativo, os maiores de 16 anos, cujas seções de votação pertençam à jurisdição de Pinheiros.

Encerrada a votação, a contagem dos votos será iniciada imediatamente, sob responsabilidade do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) e fiscalização do Ministério Público.

LISTA DE CANDIDATOS E SEUS RESPECTIVOS NÚMEROS

Concorrem às cinco vagas (em ordem alfabética): Edineuza Louza (13); Elzinha Guimarães (20); Ivanete (19); Ivanzão Pintor (16); Monteiro (18); Neuza Vila Nova (10); Núbia Manzolli (14); Penha Gagno (17); Sabrini Brandão (15); Vanderley Júnior (11).