A cerimônia do lançamento da pedra fundamental da construção da primeira fábrica de MDF do Espírito Santo aconteceu nessa sexta-feira (10). A empresa Placas do Brasil S/A será instalada no município de Pinheiros, na região Norte do estado. O empreendimento deve gerar 600 novos postos de trabalho.

O lançamento da pedra fundamental marca o início das obras na unidade. Ao todo, serão 18 meses para construção, fabricação de equipamentos e montagem da fábrica. A expectativa é que a produção seja iniciada em janeiro de 2018.

O presidente do conselho de administração da empresa, Luis Soares Cordeiro, afirmou que o momento é especial e foi planejado pelo Conselho desde 2010. Ele acredita que com a fábrica no Estado, a competitividade do setor moveleiro irá aumentar.

“Com a fábrica em nosso estado, iremos aumentar a competitividade do setor moveleiro e tudo com a parceria dos produtores rurais capixabas. Mesmo diante do cenário de crise que afeta o Brasil, acreditamos no projeto, nas potencialidades do Espírito Santo e no país”, afirmou.
     
O secretário de Estado de Desenvolvimento, José Eduardo Azevedo, ressaltou a importância do empreendimento para a economia capixaba.

“A fábrica movimentará não só a cadeia produtiva de móveis, com a geração de emprego e renda, mas também a agricultura, com a produção de eucaliptos usados na produção do MDF”.

O prefeito Antonio Carlos Machado disse que este é mais um gol de placa na região, lembrando a geração de oportunidades que a industria Placas do Brasil traz para pinheiros e toda região.

“Quero agradecer a todos por acreditar na nossa região.O empreendimento traz muitos benefícios com a geração de oportunidade para os produtores rurais, emprego, elevando a autoestima da população.”
    
O estado possui cerca de 800 indústrias do setor moveleiro e gera 11 mil empregos. O governador Paulo Hartung ressaltou que o empreendimento vai gerar quase 600 empregos diretos e indiretos, com o investimentos de aproximadamente R$ 300 milhões.
    
“Estamos em um momento importante e histórico. Essa fábrica de MDF será importante para alimentar nossa indústria moveleira.  No Estado, produzimos bons móveis, mas temos dificuldades e alto custo para aquisição de matéria prima. Com essa unidade em solo capixaba, vamos ganhar mais competitividade”, analisou o governador.
     
Produção de MDF
A Placas do Brasil S/A foi criada por um grupo de 40 empresários do Norte do Estado, de vários segmentos. Ela produzirá painéis de MDF cru e revestido para a indústria moveleira do estados do Sudeste e do Nordeste.

O projeto prevê investimentos de R$ 388 milhões na indústria e R$ 80 milhões na base florestal. A expectativa é que sejam gerados 150 empregos quando a empresa entrar em operação e 450 vagas em atividades de plantio, colheita e transporte.