Em audiência pública realizada na Câmara Municipal, a Prefeitura de Pinheiros apresentou, na quarta-feira (26), sua proposta de Lei Orçamentária Anual, que determina o orçamento municipal para 2020. A audiência foi conduzida pelo procurador-geral da prefeitura, Adriel Souza.

De acordo com a administração municipal, o valor orçado é 4,5% a mais que o de 2019, conforme determina a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), já votada na Câmara de Vereadores. Os setores que vão receber mais recursos são os da Saúde, Educação e Assistência Social.

Durante a reunião, secretários expuseram suas metas de investimentos para o próximo ano, incluindo construções, reformas e aquisições, e fizeram requisição de melhorias para setores de suas respectivas pastas.

Para o secretário municipal de Administração, Gabinete e Finanças, Val Andrade, o orçamento não pode ultrapassar os limites da realidade do município. “Não podemos trabalhar com mentiras. Nosso objetivo é manter tudo enxuto. O orçamento tem que ficar dentro da realidade do município”, disse.

A Lei Orçamentária Anual segue, agora, para a apreciação da Câmara de Vereadores, que ainda vai analisar o documento. O Legislativo pode votar a proposta até o final deste ano. Sugestões dos cidadãos também ainda podem ser incorporadas à Lei Orçamentária. Em breve, os canais para participação popular serão divulgados.

Além de Val Andrade, os secretários Ivan Silvestre, da Saúde, Marinete Zamprogno, da Educação, Arlindo Assis, de Obras e Agricultura, e Fábio de Sá, da Assistência Social, também participaram da reunião. Ainda os vereadores Marcelo Almeida, Pablo Renan, Valdirene Santana, Welton Paiva, Edvan Alves e moradores do município compareceram à audiência.

O Sumário de Despesas do Orçamento 2020 está disponível para visualização no link https://bit.ly/2nB3fDE.