Polícias realizam “Operação Siroco” em Pinheiros

Ação policial é resultado de reunião entre instituições, poder público e entidades organizadas de Pinheiros.

A delegacia de Pinheiros foi o ponto de apoio durante a operação.

Pinheiros – Como uma forma de cessar a onda de violência que vinha acontecendo em Pinheiros e atendendo ao pedido feito pela administração pública municipal em reunião no dia 8 de fevereiro, as polícias Civil e Militar, os grupos de missões especiais do Espírito Santo, o Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) em parceria com o Ministério Público e a Secretaria Estadual de Justiça (Sejus), realizaram em Pinheiros uma operação, que teve início às quatro horas da manhã desta quarta-feira, 07 de março.

Os 103 policiais, sendo 55 do 2º Batalhão da Polícia Militar, 25 dos grupos de Missões Especiais, 15 da Polícia Civil, 06 do Núcleo de Operações Aéreas da Polícia Militar e 03 do Corpo de Bombeiros, juntamente com forte armamento, diversos carros e um helicóptero participaram da Operação Siroco, alusão às ventanias gigantescas e tempestades de areia que ocorrem no deserto e manifestam-se quando baixas pressões reinam sobre o mar. Assim o comando das polícias afirmou que querem atuar de forma forte e intensa para não deixar que a violência tome conta do extremo norte capixaba.

Além dos três detidos a policia, tinha apreendido até o meio dia, drogas e uma garrucha.

O delegado Chefe da Polícia Civil, Joel Lyrio, destacou que para estabelecer a segurança e a paz, o aumento no número do efetivo de Pinheiros, tão aguardado pela população, acontecerá a partir de segunda-feira, 12 de março. “Nossa idéia era conseguir conter a violência que vem ocorrendo no município, a sociedade esperava por isso. Posteriormente, para manter a ordem, teremos o aumento do efetivo tanto da Polícia Militar quanto da Civil, além dos trabalhos integrados, intensivos e das medidas preventivas. Tivemos o primeiro passo ano passado com a inauguração da Delegacia, agora precisamos compôr o efetivo com um número considerável de polícias”, explicou o delegado, que também ligou o alto número de homicídios ao tráfico de drogas.

“Fizemos um trabalho de identificação nas chamadas “bocas de fumo”, algumas pessoas já foram presas antes mesmo da operação de hoje. Aqui em Pinheiros temos ainda o problema com o processo migratório intenso. Mas, além do trabalho de inteligência e investigação que começou com os levantamentos feitos pela PM, hoje também contamos com o apoio da Polícia Federal e da Polícia Rodoviária Federal em todo o norte do estado. Isso nós dá a certeza absoluta de que vamos diminuir os índices no município de Pinheiros”, destacou o delegado Joel Lyrio.

Como explicou o comandante geral da Polícia Militar do Estado, Ronalt Willian de Oliveira, a operação faz parte do Programa Estado Presente. “Essa operação faz parte de uma das medidas do governo do Estado para se fazer presente nos diversos municípios, nesse caso estamos falando na área de segurança pública. Mas o estado também procura desenvolver ações voltados ao lazer, esporte, assistência social, entre outras áreas, o que requer o mínimo de segurança nos municípios. Então onde detectamos insegurança, as polícias de forma integrada, atuam para mudar esse quadro”, explicou o comandante.

Para o prefeito Antonio Carlos Machado, a operação contribuiu para amenizar o clima de insegurança na cidade. “O cidadão pinheirense estava com medo, agora tenho certeza de que está mais confiante e seguro. Nós sempre acreditamos na força e coragem da polícia e hoje Pinheiros pode presenciar essa força. Agora ficamos na expectativa para o aumento do efetivo e para que novas operações como essa continuem ocorrendo no município”, destaca o prefeito.

O comandante do 2º Batalhão de Nova Venécia, o Tenente Coronel Rogério Maciel Barcellos, destacou que a operação realizada em Pinheiros e as ações desenvolvidas pelo GAO (Grupo de Apoio Operacional) antes do carnaval são frutos dos pedidos feitos pelo prefeito Antonio Carlos Machado, em reunião com as instituições em Pinheiros. “Essa operação tem a influência da reunião do dia 8 de fevereiro, aqui em Pinheiros, quando fizemos um levantamento das necessidades urgentes do município, assim o que ficou decidido na reunião foi encaminhado ao Governo do Estado que por sua vez reforçou o Programa Estado Presente, realizando a operação de hoje, que faz parte de um conjunto de ações que vamos dar continuidade para manutenção e para que população se sinta mais segura”, informou o Comandante.

Até o meio dia, a polícia informou que três pessoas foram detidas, além de 158g de cocaína, 168g de basta base, 38g de cocaína 1 garrucha calibre 38 e 7 munições, sendo que ainda haviam 12 mandatos de busca e apreensão para serem cumpridos.

1 comment for “Polícias realizam “Operação Siroco” em Pinheiros

  1. lucas
    2 de maio de 2012 at 21:38

    parabens prefeito antonio pelo seu dessenvolvimento em trazer refosos de policias para nossa cidade.voce tem que fazer a operação no são joão do sobrado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *