“A cerimônia contou com a presença de várias autoridades, entre elas, do Prefeito Arnóbio Pinheiro, do Vice Prefeito Paulo Jovânio, da Secretaria Municipal de Educação Marinete Zamprogno.

Pinheiros é o 66° município a assinar o termo de adesão ao Pacto pela Aprendizagem no Espírito Santo (Paes). A cerimônia foi realizada na manhã desta sexta-feira (11), na sala de sessões da Câmara de vereadores em Pinheiros.

Juntos, Estado e município vão propor ações para melhoria dos indicadores educacionais, envolvendo domínio de competências como leitura, escrita e cálculo adequado à idade e ao nível de escolarização.

A cerimônia contou com a presença de várias autoridades, entre elas, do Prefeito Arnóbio Pinheiro, do Vice Prefeito Paulo Jovânio, da Secretaria Municipal de Educação Marinete Zamprogno, do Secretário Municipal de Saúde Ivan Silvestre, do Secretário Municipal de Assistência Social Fabio Sá, dos vereadores Edvan Alves, Luca Gagno, do Presidente da Câmara Iverlan do Sobrado, do deputado Estadual Gildevan Fernandes, do Coordenador do Pacto pela aprendizagem no estado Eduardo Marlini,

Com a assinatura do Pacto pela aprendizagem pelo prefeito Arnóbio Pinheiro, Pinheiros passa a ser o 66º município a aderir ao Pacto, entretanto, desde o inicio de 2017 que o município demonstrou interesse em assinar o Pacto.

da Superintendente Regional de Educação de Nova Venécia Mardel Borges Colombi,

O Pacto pela Aprendizagem no Espírito Santo (Paes) é uma iniciativa do Governo do Estado com o objetivo de fortalecer a aprendizagem das crianças desde a educação infantil até as séries finais do ensino fundamental, desenvolvida a partir do estabelecimento de um regime de colaboração entre o estado e as redes municipais de ensino.

Com a assinatura do Pacto pela aprendizagem, Pinheiros passa a ser o 66º município a aderir ao Pacto, entretanto, desde o inicio de 2017 que o município demonstrou interesse em assinar o Pacto.

 

“Essa parceria Estado/Prefeitura é necessária para outras necessidades do município, como as áreas sociais, saúde, educação e assistência social, onde estão as maiores demandas e onde sabemos de antemão que fazem a diferença no futuro de toda a população, especialmente das crianças”, disse o prefeito Arnóbio Pinheiro.

 

Finalizando, Arnóbio solicitou aos representantes do governo do estado que envide esforços no sentido de contemplar o município com uma Escola Viva e um Campus do Instituto Federal do Espirito Santo (IFES) . Arnóbio argumentou que o município é preterido em diversos investimentos, lembrando que Montanha e Nova Venécia já foram contempladas com tais escolas.

Arnóbio enfatizou ainda que é necessário acompanhar os avanços tecnológicos e apresentar projetos que atenda as necessidades dos estudantes de acordo as exigências da atualidade.

“Temos apresentado propostas consideradas não tão inovadoras, mas entendemos que o momento é de valorizar práticas pedagógicas municipais que vem dando resultado, dando a elas um novo significado, quando necessário e dando oportunidade aos nossos professores para que busquem novas experiências e conhecimentos. Temos feito o simples, mas com muito compromisso e dedicação. A educação de Pinheiros é uma grande equipe. Diretores, professores, pedagogos, serventes, cuidadores, em sua grande maioria, entendem que só realizaremos o melhor, se todos juntos dermos o melhor de nós. E isso tem encantado na Educação. Pinheiros está pronto para assinar este termo de adesão, aliás, nunca estivemos tão prontos”. Frisou o Prefeito Arnóbio Pinheiro.

Para a Secretária Municipal de Educação, Marinete Zamprogno, assinar esse termo de adesão é reforçar o futuro da educação.

” Desde o lançamento do Projeto ocorrido no Palácio do Governo em 2017, que o município demonstrou interesse em assinar o Pacto”.

“É uma excelente oportunidade de desenvolvermos ainda mais nossa educação e melhorar o aprendizado dos nossos estudantes. Educação é prioridade e a parceria entre governo e prefeitura é fundamental para a evolução do ensino. Precisamos trazer cada vez mais resultados para nossa cidade, e isso, fica mais fácil com um trabalho feito em conjunto”, pontuou a Secretária de Educação.

Marinete Zamprogno, agradeceu a parceria e destacou que é preciso trabalhar o “encantamento” da educação.

“Nós educadores temos a função de encantar nossos alunos, para que eles sintam a real vontade de aprender. Acredito que esse pacto vem para assumirmos o grande desafio de fomentar uma educação de qualidade para o nosso município”, concluiu a Secretária.

 

Melhorias!

 

De acordo com o prefeito Arnóbio Pinheiro, algumas ações de melhorias previstas para o município estão previstas para ocorrer.

“Pinheiros tem uma das melhores educações do Espírito Santo e um povo estudio, se formos visitar as comarcas e Ministério Público de nossa região, iremos encontrar um Pinheirense. O magistrado e o Promotor de Boa Esperança, são de Pinheiros,assim, como o de São Gabriel da Palha, São Mateus, Ponto Belo, Colatina, Nova Venécia, o delegado da Policia Federal é de Pinheiros, entre outros profissionais,como  médico, engenheiros e professores. Sendo assim, temos que realizar mais investimentos na educação, tanto nas escolas estaduais como nas escolas municipais e o que pretendemos fazer é colaborar, melhorando as redes físicas desses colégios, trazendo novos materiais pedagógicos e mais tecnologia, boas orientações curriculares e formação para os professores, contribuindo assim, para que a educação do município se torne cada vez melhor”, explicou o Prefeito.

Arnóbio disse ainda que com a assinatura do Pacto pela aprendizagem o municipio será contemplado com uma creche no bairrro Jundiá, ampliação de duas escolas municipais, novos materiais didáticos atualizados para alunos e professores.

 

ESCOLA VIVA x IFES

 

Finalizando, Arnóbio solicitou aos representantes do governo do estado que envide esforços no sentido de contemplar o município com uma Escola Viva e um Campus do Instituto Federal do Espirito Santo (IFES) para o município. Arnóbio argumentou que o município é preterido em diversos investimentos, lembrando que Montanha e Nova Venécia já foram contempladas com tais escolas.

FOTOS E MATÉRIA: JUSCIMAR PEREIRA