Depois de construírem campanhas consistentes, o América (Amador) e o Colina (Veterano) sagraram-se campeões municipais em suas categorias. As finais aconteceram no último final de semana, no estádio João Soares de Moura Filho, embaixo de chuva. Esses foram os primeiros títulos de ambas as equipes nos municipais.

O primeiro time a soltar o grito de campeão foi o Colina, pelo Campeonato Municipal de Futebol Veterano, no sábado (10). Num jogo muito difícil, sob chuva, com ambas as equipes encontrando dificuldades para colocar as estratégias em prática, Willes marcou um gol no tempo normal, o suficiente para a conquista da Taça Luis Carlos Silvestre pelo Colina.

No domingo (11), foi a vez do América comemorar. Em partida equilibrada, o campeão derrotou a Ponte Preta de virada, por 3 a 1, e conquistou a Taça Varlone Barbosa Santos – Campeonato Municipal de Futebol Amador.

Logo no início, a Ponte Preta abriu o placar com Rondinelli, fazendo 1 a 0. Não demorou muito, Carlinhos, do América, com um golaço de falta, deixou tudo igual: 1 a 1. O primeiro tempo terminou com o placar empatado e as torcidas eufóricas no estádio João Soares de Moura Filho.

O segundo tempo começou bastante corrido e truncado, com algumas faltas. Aos 25 minutos, em jogada de Carlinhos, a bola foi lançada na área, o goleiro Luiz tirou, mas a bola sobrou na cabeça de Leandro que, na entrada da grande área, virou o placar para o América em 2 a 1.

A Ponte foi pra cima em busca do empate, mas, em uma jogada de contra-ataque, aos 34 minutos, o atacante do América foi derrubado na área e sofreu pênalti. A cobrança foi convertida por Fernandinho, dando números finais ao placar: 3 a 1.

Na entrega da premiação, o diretor de Esportes de Pinheiros, Roberto Canguçu, agradeceu a todos colaboradores. A secretária de Educação, Esporte, Cultura, Turismo e Lazer, Marinete Zamprogno, também prestou agradecimentos ao vice-prefeito, Paulo Jovânio, e ao prefeito Arnóbio Pinheiro pelo apoio incondicional para a realização da competição.

Destaques

Na categoria Amador, o goleiro Luiz, do América, foi o menos vazado, com dois gols sofridos. Já Boteco, também do América, o artilheiro da competição, com cinco gols. Na Veterano, os destaques foram o goleiro Robinho, que também só sofreu dois tentos, e o atacante Wesley Farofinha, que marcou cinco gols. Ambos são do Colina.

Campanhas

Coincidentemente, Colina e América tiveram números de gols marcados e sofridos exatamente iguais. Cada uma das equipes fez 11 gols e sofreu apenas dois em seis jogos. Os dados mostram que os times possuem defesas fortes e ataques que dão conta do recado.

Vinte e cinco partidas foram realizadas na categoria Amador, com 60 gols marcados, o que corresponde a uma média de 2,4 gols por jogo. Na categoria Veterano, o índice é um pouco maior: 2,5 tentos por partida, sendo que 59 gols foram convertidos em 23 jogos.