Pela primeira vez na história de Pinheiros, a prefeitura vem realizando um trabalho intenso e planejado para o escoamento das águas da chuva no centro da cidade.
Esse trabalho diferenciado já surtiu efeito há alguns dias mesmo com a obra em andamento, onde moradores do bairro Colina relatam que após as chuvas que caíram recentemente, não se sentiram ameaçados com inundações.
O morador do bairro Colina, Acácio Batista Monteiro, conhecido popularmente como Maninho está feliz com os trabalhos e disse que “as manilhas de rede de esgoto e drenagem pluvial foram construídas há mais de 30 anos e nunca tiveram uma única limpeza. Acho que os problemas de enchentes praticamente vão acabar depois desses serviços, com a instalação de grades e placas que podem ser retiradas para a limpeza das manilhas. O prefeito Arnóbio está de parabéns demonstrando boa vontade e humildade para resolver o nosso problema com as águas da chuva”, disse o morador.
Emília Mendes de Oliveira, também moradora do bairro Colina relatou que o mínimo de chuva que caía já era motivo de preocupação com os transtornos causados pelas inundações. “Era só chover que minha casa e muitas do bairro já inundavam, causando prejuízos com a água da chuva entrando pelo ralo do banheiro e pela calçada. Já com início desse serviço da prefeitura, não houve essa invasão com duas chuvas que teve. Parabéns ao Arnóbio e a todos que estão trabalhando, e bem, para acabar com esse sofrimento”.
“Antes era só o tempo mudar e chover pouco que água entrava na minha casa. Já perdi móveis e comida e colchão com esse problema de enchente, com o de entupimento de manilha. É a primeira vez que vejo esse tipo de trabalho. Nenhum prefeito se preocupou em colocar grades e em desentupir as manilhas. A administração está de parabéns”, destaca Valdir dos Santos Silva, o “Chico da Colina”.
Os trabalhos de melhoria do sistema de drenagem nas ruas do centro próximo à rua Henrique Ayres, ruas nas proximidades do Mercado Municipal e bairro Colina foram divididos em vária etapas e estão sendo realizados nos fins de tarde e à noite onde o trânsito de veículos é menor.