Dados obtidos do Hospital Municipal de Pinheiros (HP) e das unidades de saúde locais de mostram grandes volumes de consultas prestadas pelo município à população. No período de um ano, o número total de atendimentos ultrapassou a marca de 89.500.

De junho de 2018 ao mesmo mês de 2019, o HP realizou mais de 31.500 consultas, o que corresponde a 35% do total. Ainda durante esse período, as unidades de saúde, somadas, procederam cerca de 57.950 assistências aos moradores.

Desse montante, aproximadamente 19.500, classificados como outros atendimentos, foram feitos por odontólogos, psicólogos, enfermeiros, fonoaudiólogos, nutricionistas, dentre outros profissionais da área.

Os números sinalizam, além de outras constatações, o empenho de todo o sistema público municipal de saúde em dar conta de atender à intensa demanda do setor.

“A grande maioria dos moradores utiliza o sistema público de saúde. Por isso, buscamos, dia a dia, novas formas de atender a essa imensa demanda da melhor maneira possível. Pinheiros investe cerca de 25% de sua arrecadação anual nessa área, 10% a mais do que a lei determina. Frequentemente procuramos maneiras ainda mais eficazes de aplicar os recursos destinados à saúde”, salienta o prefeito Arnóbio Pinheiro.

Confira o número de atendimentos realizados em um ano por unidade de saúde e a porcentagem correspondente:

  • Unidade de Saúde da Família Galileia: 17.426 (19%)
  • Unidade Sanitária PSF Jundiá: 10.224 (11%)
  • Unidade Sanitária de Pinheiros: 8.347 (9%)
  • Unidade de Saúde da Família Jardim Planalto: 6.410 (7%)
  • Unidade Sanitária PSF S. J. do Sobrado: 6.047 (6%)
  • Unidade Sanitária PSF Vila Nova: 4.228 (4%)
  • Unidade Sanitária PSF Pinheirinho: 3.771 (4%)
  • Unidade Sanitária de Vila Fernandes: 631 (0,7%)
  • Unidade Sanitária Fazenda Brunelli: 546 (0,6%)
  • Unidade Sanitária Lagoa Seca: 245 (0,2%)
  • Unidade Sanitária São José do Jundiá: 74 (0,08%)