“O socorrista e instrutor da Empresa Resgate Emergências Serviços Móveis – LTDA- Ricardo Cruz Macedo (camisa vermelha) é o responsável em qualificar os profissionais da saúde”.

Pensando em oferecer mais tranquilidade e segurança às vítimas de acidentes e pessoas que necessitem de atendimento pré Hospitalar de Urgência, a prefeitura Municipal de Pinheiros por meio da Secretaria Municipal de Saúde, está capacitando profissionais da saúde com o curso profissional de Socorrista.

O secretário municipal de saúde, Ivan Silvestre, afirmou que o curso é direcionado exclusivamente para profissionais da área da saúde, como motoristas e técnicos de enfermagem.

” Instrutor Ricardo Cruz Macedo, explicando as técnicas para uso do colar cervical”.

Com objetivo principal de capacitar os profissionais de saúde para atuarem como socorristas, o curso que iniciou no dia 03 de fevereiro deste ano e tem duração de três meses, e os profissionais depois de formados estarão preparados para realizarem atendimentos qualificados de urgência e emergência no Hospital de Pinheiros e ainda poderão atuar em empresas privadas de remoção (ambulâncias) e principalmente no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

“O curso Socorrista (A.P.H) – Pronto Socorrista
visa habilitar os participantes, o curso aborda aspectos relacionados ao atendimento emergencial de primeiros socorros a diferentes vítimas nas mais diversas situações, tornando-os totalmente capacitados para agir de forma segura e eficaz até a chegada do serviço médico de emergência ao local do acidente”,destacou o secretário de saúde, Ivan Silvestre.

Na aula inaugural realizada no dia 03 de fevereiro, pelo Instrutor e Socorrista da Empresa Resgate Emergências Serviços Móveis – LTDA- Ricardo Cruz Macedo, os profissionais aprenderam sobre introdução a Primeiros Socorros, noções básicas de anatomia, fisiologia e cinemática do trauma.

Enquanto na segunda aula ministrada no dia 24 de fevereiro, Ricardo Cruz, explicou sobre Atendimento Pré Hospitalar, Abordagem ao paciente, avaliação de vítimas, retirada de capacete de motociclistas vítimas de acidentes, ressuscitação cardiopulmonar e remoção de pessoas vítimas de incêndio.

A terceira aula realizada neste último sábado, 17 de março, o instrutor Ricardo, destacou sobre as técnicas de transporte de vítimas de acidente automobílisticos com uso de pranchas, remoção de pacientes vitimas de incêndios e fixação de colar cervical.

Ainda durante o curso os alunos aprenderão sobre técnicas de rapel e salvamentos aquáticos. No total serão 230 horas aulas que deverá ser aplicadas como previsto no programa do curso.

Será expedido o certificado para cada participante que atingir o aproveitamento mínimo de 70% (teórico e prático) conforme preconiza as Normas Regulamentadoras.

De acordo com o secretário de Saúde, Ivan Silvestre, a próxima aula está prevista para ocorrer no dia 31 de março, sábado, das 8:00 ás 11 e das 13:00 ás 16:00 hs.

FOTOS E MATÉRIA: JUSCIMAR PEREIRA