O prefeito de Pinheiros, Arnóbio Pinheiro, juntamente com o seu vice Paulo Jovânio, participaram na manhã deste sábado, 31, da inauguração da barragem Engenheiro ‘ Valter José Matielo’, que fica localizada entre os municípios de Pinheiros e Boa Esperança.

O reservatório que é o maior do Espirito Santo possui capacidade de armazenar 17 bilhões de litros de água em 256 hectares de área alagada, o equivalente a 270 campos de futebol. O investimento para a conclusão da obra foi de R$ 8,3 milhões do governo do estado, R$ 17milhões do governo federal e R$ 500 mil reais da prefeitura.

A conclusão da obra foi possível graças as parcerias entre as prefeituras de Pinheiros, Boa Esperança, Governo do estado por meio da SEAG e governo federal.
A obra teve início há mais de 10 anos com um convênio entre o município de Pinheiros e o Governo Federal e ficou por oito anos paralisada. Em 2016, o Governo do Estado assumiu a obra.

A solenidade contou com a presença do governador Paulo Hartung; do secretário da Agricultura, Octaciano Neto; do prefeito de Boa Esperança, Lauro Vieira; do prefeito de Pinheiros, Arnóbio Pinheiro, do Presidente da câmara de vereadores de Pinheiros, Iverlan do Sobrado e demais vereadores, além de lideranças estadual, federal e da região.

O prefeito Arnóbio destacou a importância da barragem para os dois municípios que há uma década esperava por este momento.

“A população de Pinheiros e Boa Esperança estão rindo a toa, graças ao nosso Deus, o problema da falta de água será amenizado com essa represa, além de beneficiar o lençol freático da nossa região”, enfatizou o prefeito.

Arnóbio lembrou ainda das pessoas que foram fundamentais para esta conquista, desde as lideranças politicas até os cidadãos que participaram de várias manifestações para cobrar das autoridades à conclusão da obra.

“Não seria justo da minha parte, neste momento tão importante de esquecer de quem tanto contribuiu para este momento impar. Primeiro temos que agradecer ao nosso Deus, o governo federal, o saudoso Valter José Matielo, a senadora Rose de Freitas, que foi uma peça muito importante para desburocratizar as pendências do convênio junto ao governo federal, o ex governador Renato Casagrande, o ex prefeito Antônio da Emater, o deputado Gildevan Fernandes, o secretário Estadual de Agricultura, Octaciano Neto, o governador Paulo Hartung, toda a minha equipe da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente, o amigo e ex vereador Beto de Dona Preta, o blogueiro Marcelo Gonçalves, o amigo Eustáquio e demais peças importantes”, agradeceu o prefeito Arnóbio.

Arnóbio disse ainda que a sua alegria em poder ver a obra concluída é dobrada, tendo em vista, que mesmo antes de sonhar em ser prefeito sempre lutou para que a barragem fosse fechada. Segundo o prefeito, constantemente cobrava uma atitude das autoridades por meio da rádio comunitária e jornal local.

O governador Paulo Hartung destacou que a inauguração é um marco na história do Estado com a conclusão de uma obra que era de responsabilidade do Governo Federal e que foi assumida e concluída pelo Governo do Estadual. Hartung destacou ainda que a nova barragem é fruto de uma conquista coletiva. Além da segurança hídrica, a barragem pode ser uma oportunidade de desenvolvimento socioeconômico da região.

Fellipo Matielo, filho do engenheiro Valter Matielo, disse que está muito emocionado com a barragem que leva o nome de seu pai. “É muito gratificante receber uma homenagem dessas. É o fruto do reconhecimento do trabalho do meu pai. É uma região que sofre muito com a carência de água e com a barragem vai beneficiar muito as famílias de Pinheiros e Boa Esperança”, disse Matielo.

Ademir Gregório, empresário de Boa Esperança, disse que está muito feliz com a entrega da barragem. “ Esperamos por mais de dez anos. Muitas pessoas falavam que essa barragem não ia encher e hoje vemos ela transbordar. É uma barragem muito importante tanto para Pinheiros quanto para Boa Esperança”, comentou o empresário.

O secretário Octaciano Neto destacou que a barragem resolve o problema de falta de água das cidades de Pinheiros e Boa Esperança em períodos de estiagem.

FOTOS E MATÉRIA: JUSCIMAR PEREIRA