A 4ª Edição da Festa da Carne de Sol alusiva ao 54º aniversário de Emancipação Politico Administrativo de Pinheiros, ocorrida nos dias 20,21 e 22 de abril foi comemorada em grande estilo.

“Encerrando a festa com “chave de ouro”, o furacão da Bahia Robério e seus teclados arrastou uma multidão, que mesmo com a chuva que caiu horas antes não foi impedimento para os forrozeiros de plantão curtirem um excelente forró.”

A cidade foi invadida por centenas de turistas das mais variadas cidades da região e até mesmo de outros estados, que proporcionou a realização da maior festa publica de todos os tempos.

A Praça Augusto Rusch se tornou pequena para os mais de 20 mil foliões que compareceram nos três dias de festa para se divertir com mais de 16 horas de músicas, inclusive, as 12 apresentações realizadas por noite pelos 36 artistas de várias partes do Brasil que vieram participar da 14ª edição do Festival da Canção de Pinheiros.

Diversas atrações nacionais levaram os foliões ao delírio. Na sexta feira, dia 20, a banda de Doutor Silvana & Cia, que foi um dos ícones dos anos 80, sobe ao palco para abrir a primeira noite de festa, levando entretenimento e música de qualidade aos amantes da boa música romântica.
Para fechar a noite com “chave de ouro”, Silvinho Blau Blau e João Penca se juntaram a Doutor Silvana e levou os foliões a cantar com belas canções.

” Robério e a dupla ‘Os caipiras’ não permitiu que a multidão ficasse parada”

Cantando grandes sucessos do inicio de sua carreira, como ursinho blau, blau e chuva de prata. Outras canções, como Só a lua, que também estouraram nas paradas de sucesso foi lembrada pelo artista.
Dando continuidade a programação festiva, os foliões ficaram ansiosos para se divertirem com o grandioso show da banda “Araketu” que agitou a galera que mais uma vez lotou a Praça de festa na noite de sábado 21.
As movimentações começaram por volta das 19 hs, quando os artistas que estavam participando do 14º FESCAP, subiram ao palco para apresentar suas canções. Em seguida Didiu e C&A fizeram a galera levantar poeira com um maravilhoso forró pé de serra.

” Doutor Silvana , icone dos anos 80 levou muita música e entretenimento para os mais de 8 mil foliões que compareceram na Praça Augusto Rusch”.

A Banda baiana Araketu puxada pelo vocalista Linoy fechou a noite com “chave de ouro” cantando vários sucessos do grupo, como você me deixou mal acostumado, Araketu é bom demais, amantes, pipoca, serpente negra, sonho aventureiro, face oculta, minha razão de viver, tá na cara, entre outros sucessos. Mais de 10 mil pessoas foram à loucura com o grupo baiano.

O momento de descontração ocorreu quando o vocalista Linoy puxou o prefeito Arnóbio para cantar um grande sucesso que até hoje não sai da boca do povo, a música “Você me deixou mal acostumado”. O prefeito não fez feio e foi aplaudido pelos foliões.

Encerrando a festa com “chave de ouro”, o furacão da Bahia Robério e

” A banda Araketu comandada pela vocalista Lionoy arrastou a multidão por mais de duas horas com grandes sucessos”

 seus teclados arrastou uma multidão, que mesmo com a chuva que caiu horas antes não foi impedimento para os forrozeiros de plantão curtirem um excelente forró.

O furacão da Bahia presenteou o público com seus grandes sucessos, entre elas, a musica Volta Amor, que encanta o povo brasileiro até hoje, Nem vem que não tem e a de grande sucesso do momento, e toda vez que você me dizer “oi”.

O prefeito Arnóbio Pinheiro em seu discurso parabenizou a cidade pelo aniversário e a multidão que atender

” Aproximadamente 10 mil pessoas compareceram ao Praça Augusto Ruschi para dançar com Robério e seus teclados”.

am ao convite para comemorar a data.

Arnóbio destacou as conquistas que o município alcançou ao longo dos últimos 18 meses da atual administração e prometeu para o próximo ano um evento ainda maior do que o realizado nesse ano.

Finalizando, o prefeito parabenizou e agradeceu a câmara de vereadores pela parceria e a sua equipe pela excelente organização. Arnóbio agradeceu ainda a policia militar e Civil que não mediram esforços para garantir a segurança dos foliões.

FOTOS E MATÉRIA: JUSCIMAR PEREIRA